Exclusiva

Diretor da Susep fala sobre os preparativos para a regulamentação do Universal Life

4/12/2016

Foi por uma causa nobre, segundo o diretor da Susep Paulo dos Santos, que o superintendente Joaquim Mendanha de Ataídes não pode comparecer ao almoço do CVG-SP, realizado no dia 28 de novembro, no Terraço Itália.

Substituindo o titular da Susep no evento, Paulo dos Santos informou que a autarquia estava empenhada na aprovação do Universal Life, produto que combina plano de acumulação (nos moldes do VGBL/PGBL) com o seguro de vida tradicional, além de dispor de flexibilidade para a customização de coberturas e de prêmios.

O Joaquim Mendanha gostaria muito de estar aqui hoje. Mas, nos próximos dias, ele participará de reuniões no CNSP para discutir a aprovação do Universal Life, disse. Paulo Santos adiantou que a regulamentação do produto será um dos principais temas da última reunião do CNSP neste ano, no dia 15 de dezembro. Entretanto, esta reunião será antecedida por outros encontros entre Susep, CNSP e órgãos do governo para alinhavar a regulamentação. A expectativa é que esse produto seja, finalmente, aprovado neste ano, disse.

De fato, Joaquim Mendanha adiantou, no início do mês, durante participação em evento do setor, que o Universal Life está prestes a chegar ao mercado. “Estamos avançando e outras ações virão para que a Susep possa disponibilizar a necessária segurança jurídica que servirá de base para o desenvolvimento do mercado, disse o superintendente na ocasião. Para o presidente do CVG-SP, Dilmo B. Moreira, a confirmação da aprovação do Universal Life é um fato importante, já que o produto é aguardado com expectativa pelo mercado. "Trata-se de um produto atraente ao consumidor e que, por ser hibrido, também tem um apelo comercial interessante", disse.

Paulo dos Santos comentou, ainda, a disposição do novo superintendente de cumprir o principal papel da Susep, de regulador do mercado. O Joaquim Mendanha está preocupado com o futuro do mercado e está atuando para isso, disse. Recentemente, a autarquia manifestou sua disposição de ampliar o diálogo com o setor por meio da Comissão Especial, que foi reformulada para integrar as diversas entidades representantes do mercado. A intenção é debater as questões afetas ao setor, criando, com isso, uma agenda positiva para o seu desenvolvimento, disse Joaquim Mendanha em nota publicada no site da Susep.

Durante o almoço o CVG-SP também deu as boas-vindas às novas associadas CB Corretora de Seguros, Mister Liber Corretora e Seguros e Terra Brasis Resseguros.

No final do evento, Dilmo B. Moreira solicitou a Paulo dos Santos que fosse o portador de uma placa ao superintendente Joaquim Mendanha, que passa a integrar o quadro de sócios-honorários do CVG-SP.

Registro

Autoridades presentes no almoço: Affonso Heleno Oliveira Fausto (SBCS), Alexandre Camillo (Sincor-SP), David Novloski (CVG-PR), Fernando Simões (Sindseg-SP), José Amélio Souza (CCS-OR), José Roberto de Souza (CCS Mata Atlântica), Marcello Hollanda (CVG-RJ), Marcelo Guirao (UCS), Marcos Colantonio (Aconseg-SP), Pedro Barbato Filho (Camaracor-SP), Adevaldo Calegari (CCS-SP), Mauro Batista (Sindseg-SP e ANSP), Osmar Bertacini (Conselho Consultivo do CVG-SP), Paulo Marraccini (CNseg) e Paulo Meinberg (Ibracor).

Fotos: 1-Paulo dos Santos. 2-Paulo dos Santos e Dilmo B. Moreira. 3-(mesa) Diniz Nunes Caetano (CB Seguros), Silas Kasahaya (presidente eleito), Adevaldo Calegari (CCS-SP), Paulo Marraccini (CNseg), Paulo dos Santos (Susep), Dilmo B. Moreira (CVG-SP), Mauro Batista (Sindseg-SP e ANSP), Osmar Bertacini (Conselho Consultivo), Paulo Botti (Terra Brasis Re) e Paulo Meinberg (Ibracor). 4-salão do almoço.

Fonte: CVG-SP Texto: Márcia Alves | Fotos: Antranik Photos