Destaque

Webinar com entidades debaterá momento atual e tendências dos seguros de pessoas

27/09/2020

 

O webinar “Entidades debatem Tendências dos Seguros de Pessoas” reunirá sete entidades da área de seguro de pessoas: CSP-BA, CSP-MG, CVG-ES, CVG-RJ, CVG-RS, CVG-SP e ISB (PR), no dia 15 de outubro, das 18h às 19h, com transmissão ao vivo pela internet. O grande encontro, organizado pelo CVG-SP, também contará com o apoio da maioria dos veículos de comunicação da imprensa especializada em seguros: Apólice, Cobertura, CQCS, Insurance Corp, JNS, JRS, Roncarati, Seg News, Segurador Brasil, Seguro Nova Digital, Seguro Total, Seguros em Foco e Sonho Seguro.

 

De acordo com o CVG-SP, outubro foi o mês escolhido para o encontro para marcar as comemorações de duas importantes datas: o Dia do Corretor de Seguros (12 de outubro) e o Dia do Securitário (neste ano celebrado no dia 19 de outubro). O presidente do CVG-SP, Silas Kasahaya, admite que a expectativa é grande e adianta alguns dos temas. “Além das respectivas realizações, devemos abordar as principais tendências, analisar a evolução dos seguros de pessoas e como o ramo deverá caminhar em um futuro próximo”, diz.

Tendências

A presidente do Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG-RS), Andréia Araújo, prevê um encontro emblemático. “Trata-se da ratificação de um trabalho que cada uma das entidades vem desenvolvendo nos seus respectivos estados”, diz. Em relação às tendências do mercado, ela avalia que a pandemia acelerou a demanda pelo ramo, mas o trabalho não pode parar. “Precisamos conscientizar os consumidores sobre a importância do seguro e orientá-los na aquisição de produtos”, diz.

Para o presidente do Clube Vida em Grupo Rio de Janeiro (CVG-RJ), Octávio Perissé, apesar dos aspectos ruins, a pandemia trouxe um novo olhar da população para o seguro e despertou o interesse, inclusive, dos mais jovens. Já os corretores de seguros, a seu ver, estão mais focados em vendas. “O papel dos CVGs se torna, então, o de mostrar caminhos possíveis para o fortalecimento do setor”, diz.

Na visão de Joceli Pereira, presidente do Instituto Superior de Seguros e Benefícios Brasil (ISB Brasil), com sede em Curitiba (PR), os seguros de vida e saúde conquistaram mais evidência no momento atual e ajudaram a disseminar a cultura do seguro. Mas, ressalta que também é preciso desenvolver o segmento de benefícios. “Crescem os benefícios, cresce o mercado de seguros”, pondera.

O presidente do Clube Vida em Grupo Espirito Santo (CVG-ES), Antonio Santa Catarina, observa que em momentos de risco à sobrevivência é normal o aumento da demanda pelo seguro. “As seguradoras estão aproveitando bem a oportunidade”, conclui.

Os seguros de pessoas se desenvolveram nas últimas décadas, mas permanecem com gigantesco potencial de crescimento, segundo João Paulo Mello, presidente Clube de Seguros de Pessoas de Minas Gerais (CSP-MG). “Gostaria que as gerações futuras reconhecessem que as pessoas que atuam no mercado no presente trabalharam incansavelmente pela disseminação do seguro de pessoas e contribuíram para aumentar a proteção da sociedade”, diz.

A presidente do Clube de Seguros de Pessoas e Benefícios do Estado da Bahia (CSP-BA), Patrícia Jacobucci, elenca quatro fatores que ajudaram o seguro de pessoas a crescer: queda na arrecadação de automóvel, crise econômica e reforma trabalhista; produtos resgatáveis e treinamento e qualificação dos profissionais. Apesar do amplo portfólio de produtos, ela considera que ainda há entraves no caminho do desenvolvimento do ramo, como a falta de flexibilização das seguradoras. “É preciso boa vontade das seguradoras para reverem o perfil engessado para aceitação e avaliação de riscos”, diz.

Kasahaya acredita no futuro promissor dos seguros de pessoas. “Tendência de sucesso, principalmente com a criação de novos produtos, desenvolvimento de canais e, principalmente, a especialização dos corretores”, diz o presidente do CVG-SP. Já o presidente do CSP-MG analisa que o ramo precisa de incentivos. “Quanto mais protegida a sociedade, menor será a dependência de auxílio do Estado”, diz João Paulo Moreira de Mello. O presidente do CVG-ES sugere o incremento de produtos para as camadas menos favorecidas, com pagamento simplificado.

O mercado de pessoas está no caminho certo, mas, para a presidente do CVG-RS, deve se manter atento às mudanças no perfil dos consumidores. “Precisamos adequar a oferta, ser criativos e jamais esquecermos de gerar valor agregado aos produtos”, diz Andréia Araújo. Além de inovações e novos produtos, Perissé avalia que o caminho do desenvolvimento passa pela união. “O fortalecimento do trabalho conjunto entre corretores, seguradoras e entidades representativas é o principal fator que impulsiona o desenvolvimento”, diz

Soluções digitais já são utilizadas pelo mercado de seguros de pessoas, mas não bastam para atingir o potencial de crescimento, segundo a presidente do ISB. “Disrupção tem sido a palavra de ordem, à qual acrescento o desenvolvimento sustentável”, diz Joceli Pereira.

Apesar da tendência de crescimento de produtos resgatáveis, Kasahaya guarda expectativa na aprovação do Universal Life. Ao mesmo tempo, ele aposta na influência do digital. “Para ampliar a distribuição e atingir públicos diferenciados, a tecnologia tem sido importante. No futuro, ferramentas como machine learning, inteligência artificial e outras devem ganhar mais espaço”, prevê.

Programe-se

Webinar “Entidades Debatem Tendências dos Seguros de Pessoas”

Data: 15/10/2020 (quinta-feira)

Horário: 18h às 19h

Transmissão ao vivo pelo canal do CVG-SP: http://YouTube.com/c/CVGSP

Participações:

Patrícia Jacobucci, presidente do Clube de Seguros de Pessoas e Benefícios do Estado da Bahia (CSP-BA)

João Paulo Moreira de Mello, presidente do Clube de Seguros de Pessoas de Minas Gerais (CSP-MG)

Antonio Santa Catarina, presidente do Clube Vida em Grupo Espirito Santo (CVG-ES)

Octávio Perissé, presidente do Clube Vida em Grupo Rio de Janeiro (CVG-RJ)

Andréia Araújo, presidente do Clube de Seguros de Vida e Benefícios do Rio Grande do Sul (CVG-RS)

Silas Kasahaya, presidente do Clube Vida em Grupo São Paulo (CVG-SP)

Joceli Pereira, presidente do Instituto Superior de Seguros e Benefícios Brasil (ISB Brasil)

 

Organização: CVG-SP

Apoio: Apólice, Cobertura, CQCS, Insurance Corp, JNS, JRS, Roncarati, Seg News, Segurador Brasil, Seguro Nova Digital, Seguro Total, Seguros em Foco e Sonho Seguro