Destaque

CVG-SP é destaque no evento “Trocando Negócios Vida” da UCS

24/09/2021

O presidente do CVG-SP, Marcos Kobayashi, e também diretor Comercial Nacional Vida da Tokio Marine Seguradora, participou como convidado especial do “Trocando Negócios Vida”, evento online com foco no seguro de vida promovido pela União dos Corretores de Seguros (UCS), na manhã de 23 de setembro. Na ocasião, ele divulgou as ações do CVG-SP na sua gestão, comentou o atual momento do seguro de vida e a atuação da Tokio Marine no ramo.

Sob a mediação do diretor da UCS, Celso Andreta, e participação de diversos corretores de seguros, alguns especialistas em seguro de vida, Kobayashi discorreu sobre sua carreira no ramo e sobre como chegou à presidência do CVG-SP, após aceitar o convite do seu antecessor Silas Kasahaya. Prestes a concluir o primeiro ano de sua gestão, ele ressaltou o apoio da diretoria. “Formamos um grupo forte e faço questão de que cada um tenha o seu Norte, sua linha de raciocínio para conduzir as ações”, disse.

Questionado pelo ex-presidente da UCS, Luiz Morales, sobre como a Tokio Marine se posicionou na pandemia, Kobayashi informou que a seguradora integrou o grupo de congêneres que decidiu cobrir o risco pandemia. Outras ações foram a oferta de produtos e serviços, como a telemedicina, que foi lançada antes da pandemia, além da redução de carências para alguns produtos e a inclusão de novas coberturas. “Outras seguradoras também seguiram nessa linha e esse cenário tem ajudado os corretores nas vendas”, disse.

O corretor do Nordeste, José Carlos, conhecido como o “alfaiate do seguro”, agradeceu o apoio do CVG-SP à sua região e quis saber se corretores de outros estados poderiam se associar. Kobayashi informou que faz alguns anos que o CVG-SP aceita corretores em seus quadros, graças à alteração do estatuto realizada na gestão de Dilmo B. Moreira. Para beneficiar a categoria, a contribuição associativa foi reduzida a um quarto do valor, oferecendo em contrapartida benefícios como descontos em cursos e eventos.

Amândio Serafim Martins, que integra a diretoria da UCS, afirmou que a forma como o CVG-SP trata os corretores merece aplauso e reconhecimento. Kobayashi agradeceu e citou a contribuição de outros corretores à entidade, como do ex-presidente Paulo Meinberg, que assistia ao evento na ocasião, e também do saudoso Osmar Bertacini, cujo filho Rodrigo Bertacini firmou parceria recentemente com o CVG-SP, cedendo espaço nas dependências da Humana Seguros para a entidade instalar a sua sede. “Isso nos remete ao Osmar e a tudo o que ele contribuiu”, disse.

Com base nas estimativas da FenaPrevi para o final deste ano, em que prevê a redução de mortes por covid num patamar entre 4,8 mil a 6,1 mil, Kobayashi se mostrou otimista em relação a um cenário de retomada das atividades e crescimento do ramo vida. No entanto, ele reconheceu que ainda haverá desafios, tanto que o CVG-SP pretende realizar um fórum técnico, fechado a convidados, com a participação de diversos players do ramo de seguro de pessoas para discutir as boas práticas do mercado.

Dentre os temas do fórum, o presidente do CVG-SP adiantou que serão debatidas coberturas, como a que foi concedida excepcionalmente ao seguro vida para garantir indenização por covid. “Era um risco excluído, como foi no passado a AIDS. Então, a discussão deve se aprofundar sobre o cenário de coberturas, como, por exemplo, pandemias em geral, além de precificação, novos serviços etc.”, disse. Ele agradeceu a união e apoio das entidades ao CVG-SP, afirmando que se reverte também em apoio aos corretores.

Sobre outras ações, o dirigente mencionou os três cursos em andamento – nas áreas de riscos pessoais, previdência e sinistros –, em parceria com a Fecap, instituição que também tem contado com o CVG-SP em seus eventos para divulgar o seguro de pessoas para os jovens alunos. O CVG-SP marcou presença em dois eventos da série Conexões Empresariais, promovida pela Fecap, programando para novembro mais uma participação, desta feita para abordar tecnologia e inovação.

“Agradeço a todos que apoiam o CVG-SP, fazendo dela uma entidade querida e respeitada”, disse. O evento foi encerrado pelo presidente da UCS, Arno Buchli, que agradeceu a presença do CVG-SP, lembrando que o tema seguro de vida é discutido semanalmente pela entidade, às quintas-feiras.

 

Fonte: CVG-SP | Texto: Márcia Alves